domingo, 28 de novembro de 2010

Hoje te direi o que passa aqui dentro!


QuE TrIsTe é dEsPeRtAr e vEr nO TeU OlHaR QuE É MeNtIrA O QuE DiZiA
lEmBrAr qUe tUdO ChEgOu aO FiM!
cOmO Se cUrA A FeRiDa, QuAnDo pErDoAr é tÃo dIfÍcIl e qUaNdO EsQuEcEr nÃo sE CoNsEgUe!
CoMo eNfReNtAr eSsA ViDa qUaNdO O CoRaÇãOeM PeDaÇoS EnCoNtRa a dEsIlUsÃo e qUeBrA O MuNdO InTeIrO NuM GoLpE BaIxO
nO MeIo dEsSa dOr, MiNhA FoRçA FoI, mInHa BuScAnDo aLeNtO
oLhEi pRo cÉu e pOr uM MoMeNtO Me eSqUeCi dE TuDo qUe eStOu a pAsSaR E A SeNtIr!
MaS NeSsE MoMeNtO SuA PaRtIdA E EsTe cOrAçÃo qUe dEiXaStE Em mEu pEiTo mE MoStRoU QuE Em cRiStO EsToU SeGuRa e sEmPrE PoDeReI CoNtAr cOm dEuS!
mAs eScReVo tUdO IsTo pOrQuE SiNtO Um aPeRtO Em mEu cOrAçÃosÃo sEnTiMeNtOs e pAlAvRaS QuE JaMaIs cOnSeGuI DiZeR , QuE EsTaVa mAnTiDo oCuLtO Em mIm pOr mUiTo tEmPo .
uM AmOr qUe cReScE CaDa dIa eM MiM
iStO QuE TeNhO QuE CoNtAr, QuAnDo cAiU Na rEaLiDaDe e vEjO QuE Ja nÃo eStÁ A SoLiDãO ToMa cOnTa dE MiM
o qUaNtO Me dÓi tAmBéM, NãO SoRrIo cOmO AnTeS CoM SuAs pAlHaÇaDaS
E DiFíCiL FaLaR DiStO CoM VoCê, PoIs sInTo qUe nÃo gOsTa dE FaLaR
tAlVeS PoRqUe tEm mEdO CoMo eU De dAr uMa rEsPoStA QuE PoDe aBrIr sEu cOrAçÃo!
QuErO DiZeR AqUiLo qUe aChO QuE NãO PoDeS DiZeR!
dE TuDo aQuIlO QuEnO SeU CoRaÇãO!(๏̯͡๏)


♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Sei que tudo passará, e só questão de tempo!
Mas será? Estou a tanto tempo esperando…e nada mudou!
Cada dia que passa me lembro mais de você!
Hoje choro, sorrindo em meio as lembraças…mas sei que amanhã , um novo dia se inciará e as lagrimas secarão…restará somente sorrisos!

Escritora: Flávia Alves Dias
28/04/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário